Internacionalização e PDSE

Internacionalização

Em 2015, dos 20 docentes do NP, 12 são bolsistas de produtividade, sendo 8 enquadrados no nível 1, dos quais quatro são nível 1A, num total de 60% do NP bolsistas produtividade CNPq. Considerando somente o NP, 80% dos docentes possuem experiência internacional, ou seja, ou fizeram sua pós-graduação no exterior ou realizaram estágio pós-doc. O PPGBV tem uma política de estímulo à formação continuada dos seus docentes através da realização de pós-doutorados em centros de excelência. Entre 2013 e 2015 quatro professores realizam estágio pós-doutoral em instituições no exterior: Prof. Antônio Fernando Morais de Oliveira (University of Wurzburg, Alemanha), Prof. Mauro Guida (University of Essex, ESSEX, Inglaterra), Prof. Marccus Alves (Institut Senckenberg, Alemanha) e Prof. Marcelo Guerra (University of Toronto, Canadá). O resultado desta política se reflete na inserção internacional alcançada por vários docentes do PPGBV e que pode ser identificada através de publicações, assessorias a periódicos internacionais importantes (veja Atividades Complementares) e intercâmbio discente. O fluxo contrário também é verdadeiro, nos últimos anos o PPGBV tem recebido cada vez mais pesquisadores provenientes de outros países, se somando a prática antiga de receber diversos pesquisadores das principais instituições brasileiras. Por outro lado, nossos discentes egressos já frequentam centros acadêmicos de excelência no exterior, como a Universidade da Flórida (EUA), Universidade de Viena (Áustria), Universidade Federal Autônoma do México (México), Universidade de Utrecht (Holanda) e no Brasil, como a UNICAMP e a UNESP-Rio Claro. Este é um forte indicativo de que os egressos do PPGBV terão cada vez mais oportunidades para ingressar no sistema de C&T do país, ampliando a capacidade de nucleação deste Programa. Com o programa Ciência sem Fronteira lançado em 2011 pelo governo federal, o PPGBV tem aumentado cada vez mais o envio dos doutorandos para estágio sanduíche fora do país. Sendo possível a saída de mais alunos através de bolsa balcão como tem acontecido.

O PPGBV continua alocando a maior parte dos seus recursos para convidar pesquisadores que se destacam em sua área de atuação, quer seja brasileiro ou de outra nacionalidade, para participar de suas atividades anualmente. Entre as disciplinas e ou palestras oferecidas no PPGBV podemos destacar as seguintes que foram ministradas por pesquisadores de outra nacionalidade em 2015: 1) Dr. Andreas Houben, Leibniz Institute of Plant Genetics and Crop, Plant Research (IPK), Gatersleben, Alemanha; 2) Dr. Jorg Fuchs, Leibniz Institute of Plant Genetics and Crop, Plant Research (IPK), Alemanha; 3) Alan Andersen, Commonwealth Scientific and Industrial Research Organization, Australia; 4) Dr. Victor Arroyo Rodriguez da Universidade Nacional Autônoma de México; 5) Prof. Dr. Andrea Cocucci da Universidade de Cordoba e pesquisador do CONICET, Argentina; 6) Prof. Dr. Irmgard Schäffler, Universität Salzburg – Austria. Além das palestras alguns professores participaram de disciplinas do Programa: Dr. Jorg Fuchs, Leibniz Institute of Plant Genetics and Crop, Plant Research (IPK), Alemanha; 2) Dra. Mardalena Vaio Udelar, Uruguai e 3) Dra. Aretuza Sousa dos Santos, Univesity of Munich, Alemanha.

Nota-se claramente que há uma crescente participação de pesquisadores internacionais em nosso programa desde o último triênio. Os resultados começam a ser percebidos com o crescente número de artigos com pesquisadores de outros países. E é cada vez mais frequente as missões científicas dos docentes do NP, o que, por consequência, aproxima nosso corpo discente de laboratórios estrangeiros.

Muito importante para internacionalizar ainda mais o Programa neste quadriênio foi o edital Professor Visitante Especial, lançado pela CAPES, dentro do qual tivemos a participação de quatro professores em 2015: Dr. WILLIAM WAYT THOMAS (The New York Botanical Garden) e o Dr. ANDREAS HOUBEN (Leibniz Institute for Plant Genetics and Crop Plant Research, IPK), Dr. ALAN ANDERSEN Chief Research Scientist, CSIRO Ecosystem Sciences, Officer-in-Charge, CSIRO Tropical Ecosystems Research Centre, Darwin and Adjunct Professor, Charles Darwin University; e Dr. VICTOR ARROYO RODRIGUEZ Laboratorio de Ecología de Paisajes Fragmentados, UNAM Campus Morelia, Mexico. Todos os processos envolvem a mobilidade de discentes do PPGBV, contribuindo para a possibilidade de disciplinas anuais em língua inglesa.

Finalmente, docentes do PPGBV atuam em outros Programas, sejam como docentes permanentes, colaboradores e co-orientadores de pós-graduandos desta e de outras IES, inclusive no exterior, como na Universidade da Flórida – EUA (comitê assessor), Universidade de Sherbrooke (Canadá), Universidade de Leipzig (Alemanha), Charles Darwin University (Austrália) e Universidade de Wurzburg (Alemanha).

PDSE

O Programa PDSE da CAPES tem permitido o intercâmbio de doutorandos para diferentes países. Nesse quadriênio 17 alunos foram contemplados com bolsas nesta categoria até o presente. Atualmente, a cota de 36 meses não tem sido suficiente para atender a demanda de estágio PDSE, sendo necessário o pedido de cota extra a pró-reitoria de pesquisa da UFPE, a qual tem nos atendido prontamente após autorização da CAPES. No ano de 2015, foram beneficiados com o PDSE os seguintes discentes: 1) Maria do Céo Rodrigues Pessoa, Royal Swedish Academy of Sciences and Botany Departament, Stockholm Universit, Suécia; 2) Lenyneves Duarte Alvino de Araújo, Technische Universitat Darmstadt, Alemanha; 3) Ana Carolina Galindo da Costa, Jardim Botânico de Nova York, Estados Unidos; 4) Kátia Fernanda Rito Pereira, Universidad Nacional Autónoma de México, México; 5) Mariana Alejandra Baéz, IPK Gatersleben, Alemanha; 6) Rebeca Rivas Costa, Universidade de Potsdam, Alemanha; 7) Edlley Max Pessoa da Silva, Royal Botanical Gardens Kew, Inglaterra; 8) Karla Viviane de Figueiredo, Centro de Meio Ambiente da Universidade de Lancaster, Inglaterra; 9) Jefferson Rodrigues Maciel, Senckenberg Research Institute, Alemanha; 10) Bruno Sampaio Amorim, Universidade de Gotembrugo, Suécia.