Infraestrutura

Os projetos de pesquisa desenvolvidos por docentes e discentes são realizados nos laboratórios sob a responsabilidade dos docentes que atuam no PPGBV. Estes laboratórios estão localizados nos Departamentos de Botânica, Bioquímica e Genética da UFPE, além dos laboratórios aos quais estão vinculados os docentes colaboradores da UFRPE e UFPB.

Fotos: Karla Vidal

Laboratórios
No Departamento de Botânica, o Programa conta com 12 laboratórios de pesquisa, totalizando uma área de cerca de 500 m2.

Casa de Vegetação
Na casa de vegetação são realizados experimentos em ecologia, ecofisiologia, biologia reprodutiva, além de abrigar coleções de plantas vivas.

Herbário
O Herbário UFP – Geraldo Mariz,  pertencente ao Departamento de Botânica, do Centro de Biociências (CB), da Universidade Federal de Pernambuco/UFPE, foi fundado e indexado em 1968, pelo botânico farmacêutico Dr. Geraldo Mariz, falecido em 25 de julho de 2012. O UFP possui um acervo que atende às atividades de ensino-pesquisa-extensão. Desde dezembro de 2003, o Herbário UFP encontra-se cadastrado pelo Ministério do Meio Ambiente, de acordo com Deliberação nº 48, do Departamento do Patrimônio Genético, identificando-se como instituição pública nacional de pesquisa fiel depositária de amostra de componente do patrimônio genético, sendo o primeiro no Estado de Pernambuco a se credenciar. Esse acervo, foi o único do Nordeste a compor o documento “Carta de Brasília”, que negociou em 18/12/2002, com mais vinte instituições nacionais, junto aos Ministérios de Ciência e Tecnologia e de Meio Ambiente, a proposta de implantação da Plataforma NATURALIS, ou seja, à criação de uma rede para integrar as coleções biológicas do Brasil, precursora dos atuais editais/CNPq, de apoio aos acervos biológicos.

O acervo possui 86 Typus, entre Holótipos e Isótipos, sendo nove criptogâmicos e 75 fanerogâmicos disponibilizas à consulta online através da INCT Herbário Virtual da Flora e dos Fungos do Brasil. Dentre estes, destacam-se os tipos de Clusiaceae (10), do Professor Dr. Geraldo Mariz e os de Bromeliaceae (23) e Orchidaceae (13), seguidos de Alliaceae, Aristolochiaceae, Cyperaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae/Leguminosae, Gesneriaceae, Maranthaceae, Myrtaceae, Ochnaceae, Podostemaceae, Salicaceae, Scrophulariaceae, Solanaceae, Triuridaceae, Lejeuneaceae, Parmeliaceae e Cyatheaceae.

Bibliotecas
O PPGBV está servido pela Biblioteca Setorial do CB que além da coleção geral em Ciências Biológicas (incluindo títulos em Botânica e Ecologia Vegetal) abriga o Centro de Documentação em Plantas (NUDOC). O acervo do NUDOC conta com cerca de 5.000 volumes entre livros, teses, dissertações, monografias, dicionários e periódicos científicos. Os docentes e discentes fazem, também, uso das demais bibliotecas setoriais da Universidade, as quais oferecem um amplo acervo que envolve diversas ciências relacionadas à Biologia Vegetal.

Salas de aulas e estudos
O PPGBV conta com três salas de aula equipadas com equipamento audiovisual completo. Além disso, está disponível uma sala de estudos que pode servir também para receber docentes convidados. É importante ressaltar que todas as salas do programa possuem acesso a internet através de pontos instalados ou rede sem fio.