PELD

A caatinga é uma das florestas secas com maior biodiversidade do mundo e que traz muitos benefícios para a população humana: ela sequestra carbono e ajuda na regulação climática. Ela oferece para o sertanejo nutrientes para agricultura, folhagem e madeira. Por isso existe uso intensivo da caatinga, com mais de 500 anos de exploração, o que levou a desertificação, à degradação ambiental e empobrecimento da região. As pesquisas de longa duração mostram o valor da caatinga, os processos que levam a degradação e quais são as melhores práticas para o uso dos recursos naturais, minimizando os efeitos da exploração. Série “Sítios PELD – Por que realizar estudos ecológicos de longa duração?” – PELD PNCA – Parque Nacional do Catimbau: Pesquisas ecológicas de longa duração buscam investigar o valor da biodiversidade na Caatinga, as ações humanas e do clima que impactam a biota nessas florestas secas e subsidiar boas práticas de manejo e uso sustentável de seus recursos naturais. Apresentação do Sítio PELD PNCA pelo Prof. Dr.Marcelo Tabarelli, da UFPE, produzido na Oficina de Divulgação Científica ocorrida durante a 11ª Reunião de Acompanhamento e Avaliação do Programa de Pesquisa Ecológica de Longa Duração (PELD), com o tema “O PELD e a Divulgação Científica para a Sociedade”, na sede do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Brasília, 1° e 2 de outubro de 2019, sob a coordenação do Prof. Dr. Ronaldo Christofoletti, da UNIFESP (SP). Playlist do conjunto de apresentações dos sítios PELD da Oficina de

Divulgação Científica: https://www.youtube.com/watch?v=Qh8-x5ggXLE&list=PLlqZGIaRP32Sw8iwe6XvXvaS3QNC19DpA&index=25