Infraestrutura

Os projetos de pesquisa desenvolvidos por docentes e discentes são realizados nos laboratórios sob a responsabilidade dos docentes que atuam no PPGBV. Estes laboratórios estão localizados nos Departamentos de Botânica, Bioquímica e Genética da UFPE, além dos laboratórios aos quais estão vinculados os docentes colaboradores da UFRPE e UFPB.

Fotos: Karla Vidal

Laboratórios
No Departamento de Botânica, o Programa conta com 13 laboratórios de pesquisa, totalizando uma área de cerca de 500 m².

Casa de Vegetação
Na casa de vegetação são realizados experimentos em ecologia, ecofisiologia, biologia reprodutiva, além de abrigar coleções de plantas vivas.

Herbário
O Herbário UFP – Geraldo Mariz,  pertencente ao Departamento de Botânica, do Centro de Biociências (CB), da Universidade Federal de Pernambuco/UFPE, foi fundado e indexado em 1968, pelo botânico farmacêutico Dr. Geraldo Mariz, falecido em 25 de julho de 2012. O UFP possui um acervo que atende às atividades de ensino-pesquisa-extensão. Desde dezembro de 2003, o Herbário UFP encontra-se cadastrado pelo Ministério do Meio Ambiente, de acordo com Deliberação nº 48, do Departamento do Patrimônio Genético, identificando-se como instituição pública nacional de pesquisa fiel depositária de amostra de componente do patrimônio genético, sendo o primeiro no Estado de Pernambuco a se credenciar. Esse acervo, foi o único do Nordeste a compor o documento “Carta de Brasília”, que negociou em 18/12/2002, com mais vinte instituições nacionais, junto aos Ministérios de Ciência e Tecnologia e de Meio Ambiente, a proposta de implantação da Plataforma NATURALIS, ou seja, à criação de uma rede para integrar as coleções biológicas do Brasil, precursora dos atuais editais/CNPq, de apoio aos acervos biológicos.

O acervo possui 86 Typus, entre Holótipos e Isótipos, sendo nove criptogâmicos e 75 fanerogâmicos disponibilizas à consulta online através da INCT Herbário Virtual da Flora e dos Fungos do Brasil. Dentre estes, destacam-se os tipos de Clusiaceae (10), do Professor Dr. Geraldo Mariz e os de Bromeliaceae (23) e Orchidaceae (13), seguidos de Alliaceae, Aristolochiaceae, Cyperaceae, Euphorbiaceae, Fabaceae/Leguminosae, Gesneriaceae, Maranthaceae, Myrtaceae, Ochnaceae, Podostemaceae, Salicaceae, Scrophulariaceae, Solanaceae, Triuridaceae, Lejeuneaceae, Parmeliaceae e Cyatheaceae.

Bibliotecas
O PPGBV está servido pela Biblioteca Setorial do CB que além da coleção geral em Ciências Biológicas (incluindo títulos em Botânica e Ecologia Vegetal) abriga o Centro de Documentação em Plantas (NUDOC). O acervo do NUDOC conta com cerca de 5.000 volumes entre livros, teses, dissertações, monografias, dicionários e periódicos científicos. Os docentes e discentes fazem, também, uso das demais bibliotecas setoriais da Universidade, as quais oferecem um amplo acervo que envolve diversas ciências relacionadas à Biologia Vegetal.

Salas de aulas e estudos
O PPGBV conta com três salas de aula equipadas com equipamento audiovisual completo. Além disso, está disponível uma sala de estudos que pode servir também para receber docentes convidados. É importante ressaltar que todas as salas do programa possuem acesso a internet através de pontos instalados ou rede sem fio.